Construir robôs: uma diversão que leva a Engenharia longe

Construir robôs: uma diversão que leva a Engenharia longe

Tecnologia e inovação são atributos já inerentes à área de Engenharia. Mesmo sendo um fato comum a muitos, alguns mantêm a admiração ao se deparar com o resultado do trabalho aplicado, ainda mais quando o produto final é um robô. Esse é o objetivo da competição Winter Challenge, realizada em São Caetano do Sul, em São Paulo, e que reuniu mais de mil participantes do Brasil e de outros países.

Para estudantes de Engenharia da ÁREA1, em Salvador, construir robôs é uma atividade que desenvolve e aprimora habilidades essenciais aos profissionais da área: desenho técnico, construção de estruturas físicas, mecânicas e elétricas; e, principalmente, a melhoria no trabalho em equipe, possibilitando a interação com outras áreas da robótica.

A afirmação é um destaque da conversa com a equipe BrBots. Composto por alunos de Engenharia da ÁREA1, o grupo tem como objetivo reunir estudantes interessados no desenvolvimento de robôs competidores. Recentemente, o time participou do Winter Challenge, levando quatro autômatos para a competição. Por meio da página do grupo no Instagram, a equipe mostra um pouco das etapas de construção das máquinas: acompanhe.

A rotina da competição é desafiadora – além de levar os robôs, a equipe precisa realizar eventuais reparos que aparecem após os autômatos irem para as batalhas: alguns não conseguem chegar à etapa final, mas a experiência de desenvolver e encontrar soluções de automação já é, por si só, um diferencial no processo de aprendizagem.

Das seis categorias disponíveis na competição, o BrBots participou de duas: Sumô e Seguidor de Linha. Dentre os autômatos desenvolvidos pela equipe, o chamado Cthulhu, do tipo Sumô 3kg, foi o que obteve mais destaque na competição: acompanhe uma das batalhas das quais ele ganhou.

Dentre as etapas para o desenvolvimento dos robôs, a Equipe destaca que o planejamento é essencial, pois é a partir dele que será possível observar aspectos minuciosos como tempo de produção e orçamento. Para os estudantes, a participação em eventos como o Winter Challenge é válida desde o momento de desenvolver os robôs para a competição: “ainda que não tenhamos conseguido um lugar no pódio, voltamos dessa experiência com muito mais conhecimento, vontade de estudar, pesquisar e aprimorar o nosso trabalho”.

Com laboratórios na Instituição disponíveis para a projeção dos autômatos, sala para encontros e apoio de professores e técnicos, o grupo já pensa em abrir inscrições para demais estudantes interessados na atividade. Na página do BrBots no Instagram, a Equipe detalha a rotina de construção dos robôs: acompanhe como acontece o desenvolvimento das máquinas.  

Mesmo com a inovação atrelada à Engenharia, a aplicação do atributo, seja em qual área for, ainda é um desafio para estudantes e profissionais. Na ÁREA1, além do desenvolvimento de robôs, algumas produções também têm se destacado como soluções tecnológicas e inovadoras, como é o caso do Intruder-01 - protótipo de atividade submersa feito para inspecionar objetos debaixo d'água. Resultados como esse demonstram e confirmam a importância de se desenvolver ideias ainda durante a graduação e é por meio de eventos como o Cyberfight e o Seminário Internacional de Engenharia que discentes têm a chance de pensar novas ferramentas, investir em um bom networking e muito mais. Acompanhe nossas atividades.  

Conheça o BrBots:

Matheus Henrique Nunes França - Eng. de Controle e Automação, 4º semestre. 
Fredson da Silva Oliveira - Eng. Elétrica, 4º semestre. 
Messias Oliveira dos Santos Silva - Eng. Elétrica, 4º semestre.
Daniel da Hora Machado - Eng. Elétrica, 4º semestre.
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional
Alunos de Engenharia criam robôs para competição nacional

Relacionadas

OAB-PA conta com apoio da Faci para reestruturação organizacional
O que avaliar na hora de escolher uma instituição de ensino?